Páginas

sábado, 13 de julho de 2013

As dicas de Susana Wesley para educação dos pequenos

Bom dia!

Aqui vai um post rápido de dia de sábado.São algumas regras de Susana Wesley aplicadas na educação de seus filhos. Sei que muita gente tenta criar controversias em torno deste personagem do Cristianismo. No entanto, eu gosto da biografia desta mulher que criou os seus filhos sobre as mais dificéis circunstâncias.

Seguem as regras:

1- Não permita que as crianças comam entre as refeições e os lanches programados (E ela não foi ao nutricionista, ein???)
2- Coloque todas as crianças na cama por volta das 20 horas.
3- Estimule-as a entender porque tomam remédio e fazê-lo sem reclamar.
4. Não estimule a teimosia gratuita e implicante nas crianças, e desse modo, trabalhe em parceria com Deus para salvar a alma delas.
5. Ensine-as a orar assim que começarem a falar.
6. Ensine-os a serem reverentes na adoração em familia.
7. Não lhes dê nada em troca de calar o choro chantagista. Ensine-as a expressarem seus desejos  e se possível de maneira polida.
8. Para evitar mentiras, não puna a falta que é confessada com arrependimento.
9. Nunca deixe um ato pecaminoso passar despercebido.
10. Nunca puna duas vezes uma criança por uma simples ofensa.
11. Elogie e recompense o bom comportamento
12. Reconheça as tentativas de agradar, mesmo que sejam fracas.
13. Preserve os direitos de propriedade, mesmo nos menores assuntos.
14. Cumpra sempre todas as promessas que fizer a elas.
15. Não exija trabalho de uma criança antes que aprenda bem a ler (esta regra se aplica a um contexto diferente sobre o trabalho infantil)
16. Ensine as crianças a temerem a vara da correção

Traduzido e adaptado da obra Speaker´s Sourcebook, p. 50.



3 comentários:

  1. Amei maezinha,eh quase um costume americano tambem,ensino o meu Benjamin dessa forma.eh tao pratico e agradavel
    flavynha

    ResponderExcluir
  2. Uma correção: no item 16, não é temerem o limite. É ensiná-los a temerem a vara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela correção! Pedi para alguém traduzir, mas agora fiz eu mesmo e de fato estava errado.

      Excluir